Скачать

Расстояние

13,9 км

Набор высоты

847 м

Техническая сложность

Низкая

Потеря высоты

847 м

Макс. высота

650 м

Trailrank

59

Мин. подъем

178 м

Тип маршрута

Круговой

Время

6 часов 7 минут

Координаты

1398

Загружено

19 сентября 2020 г.

Записано

сентября 2020
Поделиться
-
-
650 м
178 м
13,9 км

Просмотрено 208 раз, скачано 11 раз

рядом с Sarnadinha, Viseu (Portugal)

- Trilho circular, sem marcações, com início e fim na aldeia de Sernadinha (Manhouce, S. Pedro do Sul);
- Decorre pela meia encosta nascente do vale do rio Teixeira, na serra da Freita, com passagem por vários pontos de referência deste vale, entre a aldeia de Sernadinha (650 mts), o Poço Negro do Teixeira (421 mts), a Lagoa Escura, na Quinta de S. Francisco (195 mts) e a aldeia do Cercal (354 mts);
- Misto de estradões e caminhos de terra e piso alcatroado;
- Trilho com características fáceis a moderadas, tendo em conta alguns declives muito acentuados;
- O rio Teixeira é um dos mais selvagens, belos e límpidos rios de Portugal. É um dos locais mais procurados para a prática de canyoning, pelo seu relevo agreste e múltiplas quedas de água. Exemplo disso é o Poço Negro, uma belíssima lagoa natural que convida a refrescantes banhos. O acesso, na parte final, é escorregadio pelo que são necessários cuidados adicionais. Mas a beleza do local recompensa todo o esforço;
- A passagem pelo Túnel da Levada é acessível mas requer alguns cuidados, nomeadamente levar lanterna ou frontal, pois embora a distância seja curta, o pé direito do túnel é relativamente baixo, com a pedra irregular, o que pode causar ferimentos na cabeça caso se distraiam. A entrada e a saída do túnel também implicam algum esforço físico, pois é necessário subir e descer para e do patamar da levada (2 vezes cada), não havendo para isso degraus ou escadas. Tem mesmo que ser com a força de braços e alguma perícia;
- A Quinta de S. Francisco é uma propriedade privada, pelo que o acesso à mesma está vedado. Durante os meses mais quentes, é frequente haver grupos de jovens aí acampados, pelo que nessa altura pode-se pedir autorização para entrar e visitar o espaço. Nos restantes meses do ano, o portão está fechado e o acesso interditado. No entanto, pode-se sempre descer pelo rio (canyoning) ou tentar subir pelo mesmo, a partir da Mini-Hídrica do Carregal. Em qualquer dos casos, estas são opções que requerem conhecimento e material técnico (caso do canyoning) e destreza física, para além da atenção e cuidados redobrados, caso se opte por subir o rio pelo leito (possível nos meses de verão, quando o caudal do rio está muito baixo);
- Para quem se aventure a subir o rio pelo seu leito, a partir da Mini-Hídrica do Carregal, umas centenas de metro a montante, na junção do rio Teixeira com a ribeira de Agualva, encontra-se a Cascata dos Dois Rios, outro local de exceção nesta região. É necessária alguma aptidão física e técnica, mas a aventura será devidamente recompensada com a fruição de mais um pequeno paraíso selvagem e praticamente inacessível;
- Este trilho é um percurso relativamente acessível, embora se percorram caminhos cujo declive exige alguma capacidade física. Se chover, com vento e neblina, as dificuldades serão muito acrescidas. Botas e bastões são essenciais;
- No seu todo, é um percurso muito bonito, fácil, mas com alguma exigência física em determinadas partes. A Serra da Freita é um maciço imponente e o vale do rio Teixeira, muito encaixado, oferece paisagens esplêndidas. É um percurso que proporciona uma experiência muito recomendável para quem procura locais onde possa desfrutar de beleza natural e, dentro do que ainda é possível, selvagem!

Outros percursos realizados nesta zona:
Pelo rio Teixeira
PR1 Trilho de Manhouce - Serra da Gralheira



__________________________________________________________________________________________



- MACIÇO DA GRALHEIRA
Serra da Gralheira, ou Maciço da Gralheira, são designações atribuídas a um conjunto montanhoso acidentado e situado no distrito de Viseu. Desta cadeia de montanhas fazem parte a Serra da Freita, a Serra da Arada, a Serra do Arestal e a Serra de São Macário. Este complexo conjunto de elevações encontra-se situado entre o rio Douro, o rio Paiva e o Sul do rio Vouga. Este sistema montanhoso, muito regular, é inteiramente talhado no granito.
A noroeste do Maciço desenvolve-se uma área muito diferente formada por uma sucessão de vales profundos e alinhamentos montanhosos, dispostos segundo os rumos hercínicos. A Sueste da cadeia montanhosa todas as cristas parecem reunidas por uma outra, transversal, formada por uma série de arcos sucessivamente côncavos e convexos em relação ao resto do maciço. De Nordeste para Sudoeste distinguem-se três ou quatro cristas de orientação rectilínea, separadas por dois vales similarmente com a mesma nítida orientação:
. O vale sinuoso do Paiva;
. A crista, muito aguçada, de Monte Redondo (a 950 metros de altitude) a Pedra-de-Água (a 761 metros de altitude);
. O vale da Ribeira de Covas do Rio, São Pedro do Sul;
. O alinhamento de Drave (a 99l metros de altitude) a Couto Agudo (a 952 metros de altitude);
. O vale da Ribeira de Paivô;
. A linha do alto das Chãs, na Serra da Arada (a 1.119 metros de altitude), o alto da Cabria (a 1.073 metros de altitude), a Cabrita (a 1.067 metros de altitude), separada por um pequeno afluente do Paivô, entre os picos da Arada (a 1.057 metros de altitude) e Chãs (a 1.116 metros de altitude). A cumeada transversal descreve uma série de arcos que reúnem as diversas cristas. A linha da cadeia montanhosa serve de divisória das águas que correm para o rio Paiva, a Noroeste, e para o Sul, a Sudeste.
* SERRA DA FREITA
Erguendo-se como um gigante sobre a vila de Arouca, a Freita estende o seu manto verde por terras de Arouca, São Pedro do Sul e Vale de Cambra. A sua magia, o seu encantamento fácil, o ar de paraíso perdido que vai deixando transparecer a quem nela se embrenha, fazem da «Serra Encantada» um dos pontos de passagem e paragem obrigatórias do Arouca Geopark. Atravessar os seus caminhos significa ir ao encontro de pontos da história destas terras, como a Mamoa da Portela da Anta, de pequenas aldeias que se encaixam na paisagem, de fenómenos únicos no mundo, como as Pedras Parideias, e de paisagens de cortar a respiração, como junto à Frecha da Mizarela. Ao longo do planalto, encontramos 17 dos 41 geossítios do Arouca Geopark, condições únicas para a prática de alguns desportos de aventura e percursos pedestres que nos guiam pela beleza singular desta serra.
* SERRA DA ARADA
Elevação de Portugal Continental com 1071 metros de altitude, obtidos no cume do Alto da Cabria. Localiza-se a noroeste do concelho viseense de São Pedro do Sul, do qual dista dez quilómetros. Integra o Maciço da Gralheira e situando-se na transição das antigas províncias da Beira Litoral para a Beira Alta.
* SERRA DO ARESTAL
Abrange parcialmente o extremo norte do concelho aveirense de Sever do Vouga e outra parte do extremo sul do concelho de Vale de Cambra, do mesmo distrito. Possui a altura de 830 metros. As freguesias de Dornelas e de Junqueira encontram-se no interior desta serra que, em conjunto com as Serras da Freita e da Arada integra o Maciço da Gralheira.
* SERRA DE SÃO MACÁRIO
Serra que se situa a cerca de dez quilómetros a norte do concelho de São Pedro do Sul e que no Alto de São Macário atinge a sua altitude máxima de 1052 metros (3451 pés).
Маршрутная точка

açude

Водопад

Poço Negro (queda de água)

O rio Teixeira, considerado um dos mais bem conservados rios da Europa, é também um dos mais belos rios de montanha, com vales apertados, e uma paisagem escarpada, deslumbrante, que combina harmoniosamente os tons verde da vegetação com os tons ocre da rocha polida pela erosão.
Река

Poço Negro (rio Teixeira)

Os poços de Manhouce localizam-se no troço mais alto do rio Teixeira, onde abundam as quedas de água e os poços ou piscinas naturais. O poço Negro no rio Teixeira, os poços da Cilha e da Barreira na ribeira da Vessa, e o poço da Gola na ribeira de Manhouce, são alguns dos mais conhecidos e frequentados, e todos eles foram esculpidos na rocha dura pela força das águas. Muitos destes poços são precedidos de cascatas, o que os torna pequenos pedaços de paraíso que surpreendem pela sua beleza e enquadramento.
Река

represa (rio Teixeira)

O rio Teixeira é um pequeno rio português de 13.2 quilómetros de comprimento, afluente do rio Vouga, que nasce no concelho de São Pedro do Sul e desagua em Couto de Esteves. Neste rio existe uma praia denominada praia do Vau (40º46'48N 8º16'06O), conhecida por ser a segunda melhor da Europa ao nível de qualidade da água. No rio Teixeira existe ainda a praia da Carriça. Ao longo do rio são organizadas algumas atividades ao ar livre, entre as quais canyoning. Destaque ainda para o local da sua foz, o Rôdo, um espaço de natureza belo e propício para banhos e piqueniques, embora não vigiado. Infelizmente, ficou submerso com a construção da barragem de Ribeiradio.
Маршрутная точка

Levada entubada (acesso ao patamar)

NOTA: neste local existem algumas pedras amontoadas que ajudam a subir para o patamar sobre a levada, ato necessário para continuar o percurso e aceder ao túnel.
Туннель

Túnel da Levada

NOTA: para atravessar o túnel é necessário descer do patamar da levada. É necessário também usar lanterna, para evitar acidentes, pois a rocha tem um pé direito irregular. No entanto, não é perigoso atravessar este túnel, pois o mesmo não é longo.
Маршрутная точка

Quinta de S. Francisco

Nas margens do Rio Teixeira, na grandiosa paisagem da Serra da Freita, a Quinta de S. Francisco situa-se junto à aldeia do Carregal, pertencendo à paróquia de Manhouce. O acesso mais fácil, no entanto é pela aldeia de S. João da Serra, que fica na estrada de S. Pedro do Sul para Vale de Cambra. É um paraíso perdido magnífico! Banhado pelo rio Teixeira, que nasce no coração das montanhas mágicas, o espaço está a ser paulatinamente recuperado pelos seus visitantes e apresenta-se como um reduto incrível de isolamento natural, entre o melhor que a natureza pode oferecer, desde as construções seculares de xisto à floresta envolvente, sem esquecer as cascatas e as lagoas de águas cristalinas.
Водопад

Lagoa Escura (rio Teixeira)

Река

Adernal (rio Teixeira)

NOTA: esta zona encontra-se dentro de uma propriedade privada, a Quinta de S. Francisco. Pode-se aceder pelo rio ou, caso esteja o portão aberto, pedir autorização para visitar o local. RIO TEIXEIRA - Considerado um dos rios mais bem conservados da Europa, o rio Teixeira tem algumas das mais belas piscinas naturais de Portugal, denominadas de “poços” na região. Mesmo por baixo da ponte sobre o Teixeira localiza-se um poço de grandes dimensões, apertado entre a garganta estreita esculpida na rocha pela erosão do rio nos últimos 2 milhões de anos. A montante, na fronteira entre São Pedro do Sul e Vale de Cambra, e no desaguar da ribeira de Agualva, no rio Teixeira, está a cascata dos Dois Rios, que se pode aceder seguindo o caminho do Cercal para a mini-hídrica do Teixeira. No caminho de Paraduça, mesmo ao lado da ponte sobre o rio Paraduça, está mais um magnífico poço com água de reflexos azul celeste.
Маршрутная точка

Mini-Hídrica do Carregal

Маршрутная точка

Sernadinha

Комментарии

    Вы можете или этот маршрут